Copyright 2017 - Portal da RENAMO

Boletim Informativo a Perdiz N° 222

QUARENTA ANOS DE PRISÃO PARA CRIME DE ASSASSINATO
O título em epígrafe é proposta de Afonso Dhlakama, presidente do partido RENAMO, avançada durante o último Conselho Nacional alargado, realizado nas vésperas do dia 25 de Setembro na Serra da Gorongosa. O Líder da RENAMO fez esta proposta quando exortava os seus quadros a abandonarem as práticas de guerra para se dedicarem a actividades políticas.
O Presidente da RENAMO, Afonso Macho M. Dhlakama fundamentava a sua proposta no facto de já estar aceite pelos comunistas da FRELIMO a integração dos militares da RENAMO e a eleição dos governadores provinciais
“Não é necessário continuar a Guerra quando as causas da Guerra já estão resolvidas. O que resta agora, é utilizar a cabeça para vencer primeiro as municipais, depois as gerais.” Disse o Líder, que se mostrava de algum modo empolgado com as perspectivas de Paz para Moçambique e manifestou o desejo de ver todos os seus quadros empenhados em campanhas políticas.
Incapacidade na origem da derrota de democracia
Quando se dá um ideal sem dar capacidade, se deixa a pessoa prisioneira dos próprios sonhos sem os poder realizar. Para poder realizar o sonho da Paz, a sociedade Moçambicana precisa de Democracia. Isto quer dizer que em Moçambique ninguém pode aterrorizar nem ser aterrorizado só porque quer usufruir dos seus direitos. Todos devem respeitar os direitos dos outros e exigir respeito pelos seus próprios direitos. Ninguém deve ter razões para ter medo de exprimir as suas ideias, nem ousar amedrontar o seu concidadão em virtude das diferenças ideológicas.
As perseguições políticas porta-a-porta, os esquadrões da morte, as castrações que impedem moçambicanos de evoluir nas carreiras profissionais, de aceder a oportunidades financeiras por causa da cor partidária, os ódios individuais ou institucionais que não raro levam ao crime, e muitas vezes crime de assassinato, negando a Paz.
Os chefes do nosso Governo podem falar de Paz, de justiça, de igualdade, mas isso de nada valerá enquanto os funcionários que eles dirigem continuarem a ficarem impunes quando discriminam, chegando mesmo a serem estimulados quando estiverem a discriminar. A Paz só existe onde há justiça e a forma como o Estado se organiza tem muito peso na atitude que os seus funcionários e os demais eleitores assumem no seu relacionamento uns com os outros. Com um Estado corrupto, opressor, discriminador, não pode haver democracia, e consequentemente, tem que faltar Paz.
Seria de muita preciosidade que cada cidadão começasse a exigir de sí próprio, atitudes de Justiça, de Democracia e consequentemente de Paz. A responsabilidade pela Paz começa no nível individual, mas a capacitação assegurada a nível institucional é importante.
Foi Reestruturada a Estrutura do Partido
Em despachos separados, usando das competências que lhe são conferidas pelos Estatutos do Partido, o presidente da RENAMO exonerou o chefe do departamento de Mobilização, Ainca Mecusserima Chande e noutro nomeou em sua substituição Inácio Reis. Nomeou igualmente Lúcia Afate, para chefiar o departamento de Administração Rural e Poder Local, que foi deixado vago por Jeremias Pondeca, vítima dos esquadrões de morte. Augusto Magaure Fernando foi conduzido à chefia do Departamento de Organização e estatística, ocupando a vaga deixada há tempos por Meque Brás, por ser incompatível com a função que este desempenha de membro da CNE, Comissão Nacional de Eleições e no outro despacho foi nomeado José Manteigas Gabriel, para o lugar de chefe adjunto do departamento de Relações Exteriores, respectivamente. Falando aos participantes da reunião da Comissão Política Nacional alargada aos quadros, o presidente Afonso Dhlakama disse: “atendendo aos pleitos eleitorais que se avizinham em particular as autárquicas que vão acontecer no ano de 2018 faz com que estrategicamente se imprimam nova dinâmica para que se possa responder aos desafios que nos são impostos”. Continuando Dhlakama deu a conhecer aos quadros a valia de cada um dos empossados, apelando que os quadros do partido possam apoiá-los no desempenho das suas actividades. 
Leia todo o Boletim Informativo a Perdiz N° 222,Aqui

 

 

f t g m

Informações de Contacto

Endereço: Av. Ahmed Sekou Touré Nº 657

Telefone: +258843981313

E-mail: secgeral@renamo.org.mz

Website: www.renamo.org.mz